Humano, demasiado humano

Humano, demasiado humano

Além de dedicar esta obra ao iluminista Voltaire, Nietzsche define Humano, demasiado humano, como um livro melancólicocorajoso. Isso porque revela uma ruptura com o seu próprio passado e, ao mesmo tempo, manifesta aquilo que se tornaria a sua marca registrada: a paixão pelo futuro, a possibilidade da existência de seres pensantes capazes de enf ...
Editora: Não Informado
|
ISBN: 9788581862828
N. Páginas: 296
|
Idioma: Português
|
Ref: 2595199832
Menor preço